Mulheres estão mais propensas a problemas oculares


Na verdade, 91% das mulheres não sabem que têm maior chance de desenvolver uma doença ocular e perder a visão permanentemente, se comparado às pessoas do sexo oposto. Neste mês de março, em que se comemora o Dia Internacional das Mulheres, alertamos para esses cuidados.

Mas porque isso ocorre?

A verdade é que dois terços da cegueira e outras deficiências visuais em todo o mundo ocorrem nas mulheres. Elas são mais propensas a quase todas as doenças oculares, incluindo catarata, glaucoma, degeneração macular relacionada à idade (DMRI), retinopatia diabética e síndrome do olho seco.

Há vários fatores que contribuem para essas estatísticas, e duas razões principais pelas quais as mulheres têm problemas relacionados à visão mais prevalentes do que os homens.

A primeira é simplesmente que, em média, as mulheres vivem mais do que os homens.
A segunda razão é que as mudanças hormonais que as mulheres experimentam ao longo de suas vidas, gravidez e menopausa por exemplo, podem aumentar o risco de desenvolver uma doença ocular.

Veja quais problemas de visão estão relacionados à gravidez:
As futuras mamães devem estar cientes dos problemas que podem afetar a visão durante esses nove meses tão especiais. Por causa das mudanças que seu corpo atravessa, ela pode experimentar visão embaçada e olho seco durante a gravidez. Não se preocupe, geralmente essa é uma condição que desaparece depois que o bebê nasce. Se tiver dúvidas ou preocupações, entre em contato com seu oftalmologista para tirar todas as dúvidas.

Mas fica o alerta: distúrbios de visão mais sérios podem ser um sinal de pré-eclâmpsia, bem como perda temporária de visão, sensibilidade à luz, visão dupla ou pontos de luzes intermitentes. Se você perceber algum desses sintomas, entre em contato com seu médico imediatamente.

As mulheres que têm diabetes e estão grávidas podem ainda experimentar um início rápido ou uma piora da retinopatia diabética. Se você é diabética e planeja ter um filho, fale com seu médico e seu oftalmologista para fazer exames oculares durante a gravidez, conforme recomendado.

Cuide da sua saúde ocular com muito afinco
É importante lembrar que muitos casos de deficiência visual são evitáveis com educação e cuidados adequados. Aqui estão alguns passos importantes que você pode tomar para proteger sua visão:

  • Faça exames oftalmológicos regularmente conforme recomendado pelo seu oftalmologista;
  • Certifique-se de que você e seu oftalmologista estão cientes da história de doença ocular de sua família;
  • Coma uma dieta nutritiva e bem equilibrada;
  • Faça exercícios e mantenha um peso saudável;
  • Não fume e limite sua exposição ao fumo passivo;
  • Proteja seus olhos de danos UV usando óculos de sol e chapéus de abas largas quando estiver em ambiente externo.

Lembre-se de que muitas doenças oculares não apresentam sintomas visíveis até se tornarem bastante avançadas. É por isso que queremos enfatizar mais do que nunca o quão importantes são os exames oculares regulares do seu oftalmologista.
Ajude-nos a aumentar a conscientização espalhando informações sobre a saúde dos olhos das mulheres. Compartilhe essa matéria com as mulheres da sua vida! Juntos, podemos ajudar a salvar a visão de muitas mulheres e garantir que todas tenham uma visão saudável.

Mulheres estão mais propensas a problemas oculares

Gostou da matéria ou tem alguma dúvida? Deixe abaixo seu comentário.


Outras Notícias

19/02/2019
Tratamento para Olho Seco com E-Eye

Apresentamos o E-Eye (IRPL), o primeiro e único dispositivo de luz pulsada regulada de alta intensidade (IRPL) no mundo, especificamente ...

13/12/2018
Centro de treinamento de cães-guia de Urutaí é um dos primeiros do Brasil

Em 2016 anunciamos que o IFG de Urutaí teria um centro de treinamento de cães-guia. Isso hoje é realidade. Dia 13 ...

20/09/2018
OMS alerta o aumento da alta miopia no Brasil

O aumento em 20 anos está acima da média global. Pode causar a perda da visão por descolamento da retina, ...

Todos os direitos reservados © 2016 - CBCO - Centro Brasileiro de Cirurgia de Olhos